Como ser um bom vendedor: 5 dicas para virar o jogo!

/, Gestão de Vendas, Motivação de Vendas/Como ser um bom vendedor: 5 dicas para virar o jogo!

Afinal, você é um bom vendedor?

É fácil vender muito nos momentos em que o cenário está favorável. Mas quando a maré não está para peixe, quem atua na área comercial começa a se questionar como ser um bom vendedor

dicas de vendas

Nós sabemos, o mercado tem suas sazonalidades, os consumidores querem sempre novidades e a concorrência está cada dia mais sofisticada e agressiva. Nesta dinâmica, o vendedor é quem sofre os maiores impactos.

É sobre isso que vamos conversar ao longo deste artigo. O que você vai ver a seguir é uma série de dicas sobre como enfrentar as dificuldades do mercado e se destacar. Continue lendo!

 

1. Como ser um bom vendedor: Seja competitivo na medida certa

A pergunta “como ser um bom vendedor” se torna um dilema quando se está numa equipe repleta de profissionais qualificados. É difícil conseguir destaque, uma vez que além de alcançar as metas da empresa também é preciso fazer melhor do que os colegas.

É aí que a inteligência emocional precisa ser melhor elaborada. A competitividade não deve minar seu relacionamento com o time. Pelo contrário, quanto mais colaborativo você for, mais fácil será ter o auxílio de seus pares para superar os desafios do dia a dia.

Além disso, encontre formas de ser competitivo e, mesmo assim, ainda manter uma boa convivência. Foque no intercâmbio de ideias, na cordialidade e no espírito de equipe para se tornar um bom vendedor. Você vai ver os resultados!

 

2. Desenvolva uma mentalidade mais estratégica

Assuma uma postura de “dono da empresa”. Entenda, por exemplo, que o que você faz é só uma parte da grande engrenagem corporativa, porém não deixa de fazer parte fundamental dela.

Com isso em mente, comece a atuar com o foco não apenas nos seus resultados, mas visualizando o futuro. Pense em como você terá mais oportunidades com a expansão de mercado e procure engajar seus colegas nesta linha de pensamento.

Isso te trará mais motivação para superar barreiras, vencer objeções e pensar em abordagens mais inteligentes quando estiver em frente aos clientes.

 

3. Aprenda a lidar melhor com o stress

O stress do dia a dia tem feito muitos profissionais de vendas se questionarem se estão na carreira certa. Nunca foi tão difícil vender, nunca a concorrência esteve tão acirrada.

A má notícia é que o stress não vai diminuir, pois a dinamicidade do mercado só tende a aumentar. A boa é que se você conseguir lidar de uma forma menos pesarosa com o stress, é possível obter resultados melhores.

É o famoso “ver o lado cheio do copo”. Olhe ao redor e perceba o tamanho do mercado em que você está inserido. Assim, poderá entender porque situações estressantes são tão constantes. E, não podendo dissipá-las, encontre formas de fazer com que elas não travem o seu desempenho.

 

4. Repense a forma com que você se relaciona com seus clientes

Nunca se falou tanto em relacionamento com o cliente. Teorias como “sucesso do cliente”, “experiência do cliente”, entre outras, estão cada vez mais em voga. E elas vêm para superar as mudanças ocorridas no mercado nas últimas décadas: internet democratizando a informação, consumidores mais bem informados e mais exigentes, modelos de negócio inovadores competindo com empresas tradicionais de igual para igual…

Neste movimento, não tem como ser um bom vendedor sem rever métodos e práticas de relacionamento.

Você precisa, por exemplo, aproveitar mais os canais online de interação (redes sociais, aplicativos de mensagens instantâneas etc.) para manter-se na mente dos seus clientes — tudo com moderação e elegância, é claro.

De vez em quando, fazer uma visita ou uma ligação sem o intuito de vender é importante. Comece a pensar em formas de estabelecer táticas de relacionamento de médio e longo prazo. Isso poderá te ajudar a fidelizar mais, concluir o processo de venda e alcançar metas mais desafiadoras.  

 

5. Seja um vendedor que usa a tecnologia a seu favor

A arte de vender sempre será calcada no poder de persuasão, mas a tecnologia pode facilitar muito os seus resultados. Não dá mais para ser um profissional resistente às ferramentas tecnológicas.

Se você quer se diferenciar da massa, temos algumas dicas, como por exemplo, um bom software de CRM. Com esse tipo de plataforma, você consegue organizar melhor sua agenda, registrar informações úteis sobre seus clientes, guardar históricos de negociações, automatizar processos e atividades burocráticas, mensurar resultados etc.

A tecnologia te torna um profissional mais ágil, mais bem informado, com um perfil mais inovador. Quando bem utilizada, ela também amplia suas oportunidades de carreira e te ajuda a vender mais e melhor.

Experimente ferramentas, faça cursos, esteja sempre aberto às inovações tecnológicas. Em pouco tempo, você verá os resultados se multiplicando.

 

O que você achou das nossas dicas de como ser um bom vendedor? Elas foram úteis para você? Deixe seu comentário!


A SMark conta com mais de 18 anos de mercado e alta expertise em vendas. Em constante inovação e clientes referenciais que atestam sua solidez, a SMark é o parceiro ideal para suas estratégias de venda. Entre em contato pelo (51) 3226 9530 em Porto Alegre/RS ou (11) 2666 3720 em São Paulo/SP. Acesse o site AQUI, acompanhe nossas páginas no Facebook AQUI e no LinkedIn AQUI e nosso canal no Youtube.

By |2018-10-30T16:09:37-03:00agosto 21st, 2017|Categories: Estratégias de Vendas, Gestão de Vendas, Motivação de Vendas|Tags: , , , , , , , , |Comentários desativados em Como ser um bom vendedor: 5 dicas para virar o jogo!