Pesquisa de satisfação interna

Ouvir colaboradores é fundamental para a sobrevivência de qualquer empresa, mas qual é o momento adequado para realizar uma pesquisa de satisfação interna, afinal? A pesquisa de satisfação interna ou ‘de clima organizacional’ é importante para entendermos como as equipes percebem a gestão da qual fazem parte e como elas se sentem em relação a isso.

Essas apurações ocorrem, no entanto, para elucidar alguns indicadores, como satisfação, engajamento e envolvimento dos colaboradores. Assim como também servem como norte em ações internas de administração. Além disso, tem a função de harmonizar o ambiente de trabalho. Mas quando é a hora certa de fazer um estudo desse tipo e como se devo agir?

 

Qual é a cultura da empresa?

De acordo com a consultora de recursos humanos, Paula Pfeifer, é necessário exercer um olhar crítico e voltado para a cultura da organização. Por exemplo: existe o hábito de ouvir os funcionários? Se a rotina da empresa é baseada em uma gestão de comando e controle, qual o sentido de uma pesquisa de clima?

Paula lembra que, “se há uma cultura organizacional, que ouve as equipes com frequência e que possui líderes preparados para crer no que os colaboradores dizem, a pesquisa é desnecessária, pois gestores e líderes estarão em constante contato com os funcionários. Por consequência, já saberão ‘ler’ as situações’. Contudo, quando uma organização não tem a proximidade com os colaboradores em seu DNA, aplicar uma pesquisa de clima faz todo sentido para começar a desenvolver essa ‘cultura do ouvir‘.

Reconheça os líderes

Antes de qualquer processo de pesquisa, é necessário perceber quem exerce liderança frente as equipes, de modo a estimular o desenvolvimento desse profissional. Em seguida, deve-se analisar se esses chefes estão preparados para ouvir. Tanto líderes como gestores, entretanto, devem estar engajados em entender colaboradores e em acreditar que as respostas da pesquisa vão ser úteis.

pesquisa satisfação interna

Quais aspectos devem ser levados em consideração durante uma pesquisa de clima organizacional? Além das lideranças, são vários os pontos que precisam ser analisados. Podemos destacar algumas questões que referendam possíveis mudanças a serem implementadas:

  • Relação entre os colaboradores no ambiente de trabalho.
  • Remuneração e benefícios adquiridos pelos colaboradores.

A partir desses aspectos, a pesquisa resultará em índices que tornam menos penosos os ajustes necessários.

E quais são os principais indicadores?

Satisfação, felicidade no trabalho, remuneração e identificação com os propósitos podem ajudar a mapear o clima organizacional. Mas, Paula Pfeifer, faz um alerta: “O engajamento tem a ver com o envolvimento, o comprometimento, os propósitos e com o quanto a pessoa se envolve nos processos da companhia”, conclui a especialista.

 


A SMark conta com mais de 18 anos de mercado e alta expertise em vendas. Em constante inovação e clientes referenciais que atestam sua solidez, a SMark é o parceiro ideal para suas estratégias de venda. Entre em contato pelo (51) 3226 9530 em Porto Alegre/RS ou (11) 2666 3720 em São Paulo/SP. Acesse o site AQUI, acompanhe nossas páginas no Facebook AQUI e no LinkedIn AQUI e nosso canal no Youtube.