Como ter qualidade no atendimento: 10 coisas para aprender ao lidar com clientes difíceis!

//Como ter qualidade no atendimento: 10 coisas para aprender ao lidar com clientes difíceis!

Boa parte do trabalho para bater as metas de venda está na qualidade do atendimento. Se a sua equipe não estiver bem preparada para enfrentar o processo de negociação, talvez a sua taxa de sucesso sinta esse despreparo.

Investir no desenvolvimento de equipes para atendimento é indispensável para ter indicadores saudáveis. Só a formação de bons vendedores pode garantir que você trabalha com um time vencedor, mas…

E quando surge aquele cliente difícil, o quê fazer?

Calma! Pirar não é uma alternativa… Encare isso como uma experiência das muitas que você terá ao longo de sua vida profissional.

O jeito certo de enfrentar isso é se perguntar: “quais lições eu posso tirar disso?”  

Abaixo, nós listamos 10 coisas para você aprender ao lidar com clientes difíceis:

1# Resiliência: lidar com público é muito gratificante, porém é sempre uma experiência única. Algumas delas vão ser extraordinárias e muito produtivas. Outras, nem tanto assim. De qualquer forma, não deixe que isso abale sua confiança em si mesmo e a sua vontade de entregar sucesso ao cliente.

2# Seja honesto: não ofereça soluções que você sabe que não vão ser efetivas para a dor do seu cliente. Se você fizer isso, além de estar sendo antiético, não poderá reclamar quando ele achar ruim. Em vez disso, faça uma qualificação de suas oportunidades e certifique-se de que suas oportunidades compõem seu público alvo.   

3# Saber sobre o quê está falando: quando você conhece o assunto sobre o qual está falando, você fala com propriedade e, portanto, tem mais confiança naquilo que está propondo. Esse já é 50% do caminho para alcançar suas metas de venda. Afinal de contas, se você não confiar na solução que está oferecendo, como o seu cliente vai confiar?  

4# Exercite o local de escuta: em primeiro lugar, saiba qual é o momento de ouvir e qual é o momento de argumentar. Não interrompa a reclamação do cliente e nem discuta com ele. Deixe-o falar, mesmo que ele esteja enganado ou que você saiba o que ele dirá a seguir. Enquanto escuta, olhe nos olhos dele e demonstre que está ouvindo com atenção. Tente se conectar com o seu cliente para compreendê-lo.

5# Pense nas críticas como um feedback: é claro que receber críticas de uma forma construtiva é muito melhor. Mas se você recebeu críticas sobre algum assunto e, não importa o tom em que elas foram feitas, sempre analise se o cliente não está certo. Você vai melhorar o seu serviço com isso e, no futuro, críticas serão cada vez mais raras.

6# Nunca levante o tom de voz: Se o cliente levantar a voz, fale mais devagar ainda e em um tom mais baixo. Essa atitude se refletirá nele e o ajudará a se acalmar. Quando o atendente aborda a situação com calma e clareza, a raiva geralmente se dissipa.

7# Tenha empatia: sempre coloque-se no lugar do seu cliente para entender as frustrações dele. Pense: se aquele negócio fosse seu, você não agiria da mesma maneira ou, talvez, não teria esta mesma insegurança manifestada pelo seu cliente?

8# Não leve para o lado pessoal: seja lá o que for que aconteça, certifique-se de que nada daquilo é sobre você e sim sobre o serviço ou sobre o produto. Mantenha o foco da conversa sobre o assunto discutido e nunca leve críticas para o lado pessoal. Se o cliente fizer isso, manobre e volte à proposta, explique como pode resolver a situação e ignore comentários pessoais – desde que eles não constituam crimes de ódio (como racismo, homofobia, etc.)

9# Seja mediador: escute todas as reivindicações do cliente e negocie com ele tudo o que ele reclamar. Caso não possa atender a demanda de forma integral, faça uma proposta que contemple o pedido dele sem que comprometa a prestação de serviço. Seja o mediador em todas as situações e, sempre, proponha um acordo.

10# Faça com que ele sinta-se parte do processo: levar em consideração o que o cliente espera significa fazer com que ele tenha uma boa experiência ao se relacionar com a sua empresa. Faça questão de mostrar que as solicitações dele serão atendidas e, se não puderem ser, explique o porquê com calma e transparência, nunca faça isso de uma forma impositiva.

Falando em cliente, como estão as suas métricas de venda, hein?!

Você sabe quais são as métricas que realmente fazem diferença no seu negócio? Nós preparamos um e-book que mostra quais são as 12 métricas que você precisa acompanhar para obter os melhores indicadores.

Quer ver? Basta clicar na imagem abaixo para fazer o download. É GRÁTIS!  


A SMark conta com mais de 18 anos de mercado e alta expertise em vendas, em constante inovação e clientes referenciais que atestam sua solidez, a SMark é o parceiro ideal para suas estratégias de venda. Entre em contato pelo (51) 3226 9530 em Porto Alegre/RS ou (11) 2666 3720 em São Paulo/SP. Acesse o site AQUI, acompanhe nossas páginas no Facebook AQUI e no LinkedIn AQUI e nosso canal no Youtube.

By |2018-09-05T15:07:30+00:00agosto 23rd, 2018|Categories: Gestão de Vendas|Tags: , , , , |Comentários desativados em Como ter qualidade no atendimento: 10 coisas para aprender ao lidar com clientes difíceis!