Afinal, o que é um CRM e como posso melhorar as vendas com ele?

Organização é um processo que exige dedicação, disciplina e planejamento. Colocar a ‘casa em dia’ não é para os fracos, e também não vai ocorrer da noite para o dia. Logo, é preciso que o desejo de ordenação torne-se um hábito, uma ação rotineira, não um fardo com o qual se deve aprender a conviver.

Saiba Mais:
::: “CRM é informação, informação é poder”; Conheça boas práticas que o SMarkCRM trouxe para uma líder mundial
::: Conquiste Leads qualificados com dicas de especialistas
::: Supere a crise com um Processo de Venda adequado ao seu negócio

Em nível pessoal, lidando-se apenas contra a própria falta disciplina, a tarefa já é complexa. No caso de empresas, que trabalham com diversos colaboradores, o grau de dificuldade é ainda maior. Some-se aí a necessidade em atender bem aos clientes e oferecer-lhes um tratamento personalizado – o mínimo esperado de uma marca que pretende ter bom posicionamento no mercado em tempos tão competitivos.

Pronto, caso não exista disciplina, tem-se um cenário perfeito para que a confusão se instaure.

É para lidar melhor com situações assim que, em meados dos anos 80, criou-se Customer Relationship Management (CRM), que significa Gestão do Relacionamento com o Cliente, em português. O objetivo era – e é – mapear (e entender) consumidores já existentes e encontrar possíveis novos.

Trata-se de uma abordagem, um processo que coloca o cliente como foco principal nos trâmites de negócio (ao invés dos próprios produtos) para tentar antecipar suas demandas e atendê-las de maneira eficiente e ágil. Mas, também pode ser uma ferramenta usada para coletar e armazenar informações sobre clientes, facilitando o cruzamento dos dados e, consequentemente, a tomada de decisões.

É esse conceito que nos interessa aqui. Consideremos o CRM “uma ferramenta voltada para o processo de foco no cliente, aquisição, transação, atendimento, retenção e construção de relacionamento de longo prazo”.

Foi a partir dos anos 2000, com a chegada de softwares mais acessíveis, que a tecnologia ganhou força. Hoje, é praticamente inviável trabalhar com vendas – seja de produto ou de serviços – sem usar uma ferramenta do tipo.

No Brasil, um dos sistemas de CRM de mais expressividade é o da SMark. Trabalhando com uma plataforma simples e intuitiva, a ferramenta baseia-se no conceito Software as a Service (SaaS, Software como Serviço, em português), que não demanda investimentos em infraestrutura (como servidores e bancos de dados, por exemplo) e tem o custo proporcional a sua utilização.

Além disso, pode funcionar integrado com outros sistemas tais como ERPs, e-mail, site da empresa. Com ele, pode-se acompanhar o funil de vendas, fazer análises estatísticas, acessar históricos de contatos, previsões, controlar vendas e pós-vendas, acompanhar metas e oportunidades e ainda gerenciar as tarefas da equipe.

Tudo isso, de maneira simplificada e sem mistérios. Basta ter um computador com internet. Se houver vontade de aprimorar e ampliar os negócios, o CRM da SMark será um eficiente instrumento para operacionalizar esses desejos.

Posts Recomendados

case cucinare
Cucinare otimiza gestão de vendas com Smark CRM
10 de agosto de 2022
Empresa de restaurantes corporativos, a Cucinare aderiu ao Smark CRM para obter mais organização e agilidade no dia a dia. […]
grupo adservi
Grupo Adservi adota Smark CRM
1 de agosto de 2022
Referência no mercado de serviços gerais e segurança patrimonial, o Grupo Adservi atua há 22 anos atendendo organizações públicas e […]
grupo spsp
Grupo SPSP moderniza a gestão de vendas com Smark
1 de agosto de 2022
Empresa de prestação de serviços, o Grupo SPSP registra aumento na produtividade após adoção do Smark CRM. Veja os detalhes […]